FR
China – Macau
02/10/2018
Séries Anuais
A.1 População residente por naturalidade, 1991-2017
(indivíduos)
Anos População residente total Residentes nascidos no estrangeiro
Total Residentes nascidos em Portugal
N var. anual em % N % do total var. anual em % N % do total % do nascidos no estrangeiro var. anual em %
2017 622,567 -4.4 353,654 56.8 -8.3 1,616 0.3 0.5 -19.6
2016 650,834 8.3 385,744 59.3 12.6 2,011 0.3 0.5 28.4
2015 600,942 8.8 342,703 57.0 5.0 1,566 0.3 0.5 -14.7
2011 552,503 2.9 326,376 59.1 2.5 1,835 0.3 0.6 26.0
2010 536,969 7.0 318,506 59.3 10.3 1,456 0.3 0.5 10.6
2006 502,113 4.1 288,879 57.5 3.4 1,316 0.3 0.5 -23.4
2005 482,559 10.9 279,308 57.9 14.4 1,717 0.4 0.6 6.2
2001 435,235 1.7 244,096 56.1 1.4 1,616 0.4 0.7 -18.5
2000 427,979 3.4 240,791 56.3 4.0 1,983 0.5 0.8 -48.5
1996 414,128 16.4 231,652 55.9 8.8 3,852 0.9 1.7 6.3
1991 355,693 .. 212,996 59.9 .. 3,625 1.0 1.7 ..
Última atualização anual: 16/04/2018
Nota Ao abrigo das disposições relativas à aplicação da lei da nacionalidade chinesa, em vigor a partir de 1999, os residentes, nascidos em Macau ou na China continental, de ascendência chinesa, mesmo que portadores de passaporte português, passaram, por regra, a ser considerados cidadãos chineses. Para efeitos de comparabilidade, a DSEC recalculou os números para 1991, caso estas disposições estivessem em vigor na altura, e apurou um valor de 20.000 estrangeiros (i.e., não chineses), dos quais 11.965 seriam portugueses.$$
Apesar de Macau não ser um país, é aqui distinguido por ser uma "Região Administrativa Especial da República Popular da China" e por ter tido administração portuguesa até 20 de Dezembro de 1999; para a variável nascidos no estrangeiro, considerámos quem nasceu fora de Macau; o número de estrangeiros, em anos anteriores a 1999, corresponde ao número de cidadãos não portugueses; após 1999, o número de estrangeiros apresentado refere-se ao número de cidadãos não chineses; as percentagens de portugueses no total de estrangeiros para 1991 e 1996 não deverão ser considerados, dado que, nessa altura, os cidadãos de nacionalidade portuguesa não faziam parte desse universo.
Fonte Quadro elaborado pelo Observatório da Emigração, dados de Direcção dos Serviços de Estatística e Censos - Governo da RAE de Macau (valores de 1991 e 1996, informação concedida mediante pedido); Resultados globais dos censos 2001 (valores de 2001); Resultados globais dos intercensos de 2006 (valores de 2006) (acedidos em 25/08/2011); Censos 2011, quadros estatísticos, folhas 5 e 6 (acedidos em 20/07/2012); Resultados globais dos intercensos de 2016 (valores de 2016); United Nations Statistics Division (estimativas).
A.2 População residente por nacionalidade, 1991-2017
(indivíduos)
Anos População residente total Residentes estrangeiros
Total Residentes com nacionalidade portuguesa
N var. anual em % N % do total var. anual em % N % do total % dos estrangeiros var. anual em %
2017 622,567 -4.4 .. .. .. .. .. .. ..
2016 650,834 8.3 75,249 11.6 .. 9,024 1.4 2.3 ..
2015 600,942 8.8 .. .. .. .. .. .. ..
2011 552,503 2.9 42,715 7.7 .. 5,020 0.9 1.5 ..
2010 536,969 7.0 .. .. .. .. .. .. ..
2006 502,113 4.1 30,850 6.2 .. 8,593 1.7 3.0 ..
2005 482,559 10.9 .. .. .. .. .. .. ..
2001 435,235 1.7 21,035 4.8 .. 8,793 2.0 3.6 ..
2000 427,979 3.4 .. .. .. .. .. .. ..
1996 414,128 16.4 301,422 72.8 18.5 112,706 27.2 48.7 11.3
1991 355,693 .. 254,448 71.5 .. 101,245 28.5 47.5 ..
Última atualização anual:16/04/2018
Nota Ao abrigo das disposições relativas à aplicação da lei da nacionalidade chinesa, em vigor a partir de 1999, os residentes, nascidos em Macau ou na China continental, de ascendência chinesa, mesmo que portadores de passaporte português, passaram, por regra, a ser considerados cidadãos chineses. Para efeitos de comparabilidade, a DSEC recalculou os números para 1991, caso estas disposições estivessem em vigor na altura, e apurou um valor de 20.000 estrangeiros (i.e., não chineses), dos quais 11.965 seriam portugueses.$$
Apesar de Macau não ser um país, é aqui distinguido por ser uma "Região Administrativa Especial da República Popular da China" e por ter tido administração portuguesa até 20 de Dezembro de 1999; para a variável nascidos no estrangeiro, considerámos quem nasceu fora de Macau; o número de estrangeiros, em anos anteriores a 1999, corresponde ao número de cidadãos não portugueses; após 1999, o número de estrangeiros apresentado refere-se ao número de cidadãos não chineses; as percentagens de portugueses no total de estrangeiros para 1991 e 1996 não deverão ser considerados, dado que, nessa altura, os cidadãos de nacionalidade portuguesa não faziam parte desse universo.
Fonte Quadro elaborado pelo Observatório da Emigração, dados de Direcção dos Serviços de Estatística e Censos - Governo da RAE de Macau (valores de 1991 e 1996, informação concedida mediante pedido); Resultados globais dos censos 2001 (valores de 2001); Resultados globais dos intercensos de 2006 (valores de 2006) (acedidos em 25/08/2011); Censos 2011, quadros estatísticos, folhas 5 e 6 (acedidos em 20/07/2012); Resultados globais dos intercensos de 2016 (valores de 2016); United Nations Statistics Division (estimativas).
A.3 Registos consulares, 2008-2017
(indivíduos)
Anos Total de inscritos Inscritos nascidos em Portugal Inscritos com nacionalidade portuguesa
N var. anual em % N % do total var. anual em % N % do total var. anual em %
2017 125,296 -25.9 .. .. .. .. .. ..
2016 169,023 1.5 .. .. .. .. .. ..
2015 166,593 1.0 .. .. .. .. .. ..
2014 165,000 29.1 .. .. .. .. .. ..
2012 127,843 -0.1 2,752 2.2 4.8 125,813 98.4 -0.1
2011 127,991 1.8 2,626 2.1 6.8 125,923 98.4 1.9
2010 125,683 1.9 2,459 2.0 5.9 123,615 98.4 1.9
2009 123,372 2.5 2,322 1.9 7.1 121,314 98.3 2.6
2008 120,362 .. 2,169 1.8 .. 118,305 98.3 ..
Última atualização anual: 02/10/2018
Nota No total estarão incluídos 38.000 registos que foram transferidos do consulado de Hong Kong aquando do seu encerramento (2003).
Fonte Quadro elaborado pelo Observatório da Emigração, dados de Consulados portugueses no estrangeiro e Sistema de Gestão Consular (DGACCP), valores concedidos mediante pedido.
A.4 Entradas de estrangeiros, 2000-2017
(indivíduos)
Anos Total de entradas Entrada de portugueses
N var. anual em % N % do total var. anual em %
2017 1,527 5.5 100 6.6 -33.3
2016 1,447 -18.9 150 10.4 3.4
2015 1,784 -21.7 145 8.1 -44.7
2014 2,278 -8.6 262 11.5 -1.1
2013 2,491 5.1 265 10.6 22.7
2012 2,371 -15.7 216 9.1 19.3
2011 2,812 -36.9 181 6.4 38.2
2010 4,455 -53.1 131 3.0 -4.4
2009 9,489 19.9 137 1.4 8.7
2008 7,917 29.5 126 1.6 -13.7
2007 6,115 .. 146 2.4 156.2
2006 .. .. 57 .. -19.7
2005 .. .. 71 .. 7.6
2004 .. .. 66 .. 3.1
2003 .. .. 64 .. 8.5
2002 .. .. 59 .. 68.6
2001 .. .. 35 .. 775.0
2000 .. .. 4 .. ..
Última atualização anual: 07/05/2018
Nota Os períodos de autorização de residência temporária emitidos têm a duração de dezoito meses ou mais, como se pode consultar no Regulamento Administrativo nº 3/2005.
Fonte Quadro elaborado pelo Observatório da Emigração, dados de Fonte: Direcção dos Serviços de Estatística e Censos - Governo da RAE de MacauEstatísticas demográficas 2008 (valores de 2007 e 2008), Estatísticas demográficas 2010 (valores de 2009 e 2010) (acedidos em 25/08/2011),Estatísticas demográficas a partir de 2011. Valores de 2000 a 2006 dos portugueses concedidos mediante pedido.
A.6 Remessas, 2000-2017
(euros, milhares, preços correntes)
Anos Enviadas para Portugal (a) Recebidas de Portugal (b) Rácio (a/b)
N var. anual em % N var. anual em %
2017 90 80.0 0 .. n.d.
2016 50 -44.4 20 100.0 2
2015 90 50.0 10 0.0 9
2014 60 -98.6 10 -91.7 6
2013 4,110 -10.3 120 0.0 34
2012 4,580 8.5 120 -20.0 38
2011 4,220 74.4 150 150.0 28
2010 2,420 -19.9 60 0.0 40
2009 3,020 -19.9 60 -68.4 50
2008 3,770 -54.7 190 -82.1 20
2007 8,320 92.6 1,060 63.1 8
2006 4,320 29.4 650 441.7 7
2005 3,340 20.6 120 100.0 28
2004 2,770 0.4 60 -40.0 46
2003 2,760 -60.0 100 -37.5 28
2002 6,900 -51.1 160 6.7 43
2001 14,100 -23.4 150 -42.3 94
2000 18,410 .. 260 .. 71
Última atualização anual: 23/02/2018
Fonte Quadro elaborado pelo Observatório da Emigração, dados de Banco de PortugalBP stat, Exploração multidimensional, Quadros predefinidos, Estatísticas de balança de pagamentos, Remessas de emigrantes/imigrantes.
Censos
Observações
[ .. ] dados não disponíveis, valores não significativos, não aplicável
e por estimativa
Bibliografia

Macau

Dados

Nações Unidas, DESA, Population Division: international migrant stock (the 2015 revision)

Destaques

Em 2015 entraram menos portugueses em Macau

Investigação

Amaro, Vanessa

Silvano, Filomena

Ligações [+]

Associações de portugueses em Macau

Mind this gap (vários países)

Rádio Macau

OEm nos média

Portugueses em Macau: a diferença são 160 mil

Em 2015 aumentou a entrada de portugueses na Dinamarca e diminuiu em Macau

Publicações [+]

Emigração Portuguesa. Relatório Estatístico 2017

Emigração Portuguesa. Relatório Estatístico 2016

Portuguese Emigration Factbook 2015

Recortes de imprensa [+]

O “círculo vicioso” dos portugueses em Macau

Reforço do poder de Xi Jinping leva residentes a procurar passaporte português

A senhora do nome próprio...

Teses e dissertações

Média e língua de acolhimento na integração da comunidade nepalesa de Portugal e da comunidade portuguesa em Macau

Jovens portugueses em Macau

PDF
XLSX

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios