FR
DESTAQUE
2019-03-26
Foram 427 os portugueses que, em 2018, entraram na Suécia, segundo dados do Statistics Sweden. Aquele organismo sueco contabilizou um total de 132,602 entradas de estrangeiros na Suécia, tendo os portugueses representado 0.3% desse total. +
PUBLICAÇÃO
Doutorada em antropologia pela Universidade de Brown, EUA, também foi aí que Caroline Brettell fez o Master of Arts. É licenciada em Estudos Latino-Americanos pela Universidade de Yale. Em 2009 foi nomeada University Distinguished Professor da Southern Methodist University, nos EUA, onde leciona. É diretora do Dedman College Interdisciplinary Institute. Os seus principais interesses de investigação centram-se nas migrações, na intersecção entre a antropologia e a história, na demografia histórica, no género e no transnacionalismo. Desde os anos 1970 tem desenvolvido trabalho de terreno entre os emigrantes portugueses no Canadá, em França, nos EUA e, no Minho, entre os familiares daqueles, neste caso para analisar os impactos da emigração no país de origem. +
ENTREVISTA
Entrevista com Jorge Malheiros
Jorge Malheiros é geógrafo, investigador no Centro de Estudos Geográficos do Instituto de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Lisboa, onde também é professor associado, lecionando disciplinas no domínio da teoria e metodologias da geografia, da geografia social, das migrações e da geopolítica. Para além doutras funções em termos institucionais, Jorge Malheiros é correspondente português da OCDE. +
Notícias
[CONFERÊNCIA] No próximo dia 27 de março, irá realizar-se no Auditório Paquete de Oliveira, no edifício I do ISCTE-IUL, a conferência “Undocumented migrants health and access to care in Sweden”, a partir das 17h00. Neste Encontro sobre experiências migratórias, organizado pelo CIES-IUL, o CRIA, o Observatório da Emigração e a Rede Migra serão debatidas as condições de vida, o acesso a direitos e a saúde mental dos migrantes sem dcumentos que vivem na Suécia. Irá contar com a presença da Professora da Universidade de Gotemburgo, Lena Andersson, e com o comentário da investigadora do CIES-IUL, Alejandra Ortiz. +

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios