DESTAQUE
2017-09-19
Segundo dados do Office Fédéral de la Statistique, em 2016 entraram na Suíça 10,123 portugueses, menos 2,202 do que no ano anterior. O departamento oficial de estatística contabilizou um total de 167,407 entradas de estrangeiros em território suíço naquele ano, representando os portugueses 6% desse total. +
PUBLICAÇÃO
A emigração portuguesa para a Alemanha remonta aos anos 1960, durante o período do programa formal de trabalhadores convidados. Este fluxo começou a decrescer a partir de 1974 mas recuperou um novo fôlego com a queda do muro de Berlim. Atingiu o seu pico em meados dos anos 1990 para decrescer até meados dos anos 2000. Desde então, e até 2013, voltou a crescer. No ano de 2015 residiam na Alemanha 133,929 cidadãos portugueses. Os portugueses na Alemanha encontram-se em grande parte em idade ativa, com uma proporção de homens ligeiramente superior à de mulheres. Com base no stock de portugueses, parecem ter existido três grandes vagas: uma, chegada há mais de 40 anos, outra, entre 20 e 25 anos atrás, e uma, mais recente, que se encontra na Alemanha há menos de 4 anos. Mais de metade dos portugueses reside no estado federado da Renânia do Norte-Vestefália e em Bade-Vurtemberga. +
ENTREVISTA
Entrevista com Jorge Malheiros
Jorge Malheiros é geógrafo, investigador no Centro de Estudos Geográficos do Instituto de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Lisboa, onde também é professor associado, lecionando disciplinas no domínio da teoria e metodologias da geografia, da geografia social, das migrações e da geopolítica. Para além doutras funções em termos institucionais, Jorge Malheiros é correspondente português da OCDE. +
Notícias
[WEBSITE] No âmbito do projeto “Ritual, Etnicidade, Transnacionalismo: as Festas do Espírito Santo na América do Norte”, realizado no Centro em Rede de Investigação em Antropologia (CRIA), encontra-se agora disponível a página “Festas do Espírito Santo” que reúne dados da pesquisa. +

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios