DESTAQUE
2017-01-30
Contrariamente ao esperado, a emigração portuguesa para Angola cresceu significativamente (+32%) em 2015. Com os dados disponíveis, os efeitos recessivos da crise dos preços do petróleo ainda não se terão feito sentir naquele ano. Pelo contrário, em 2015 não só se manteve como acelerou o crescimento que se tem verificado desde 2013.
PUBLICAÇÃO
A emigração portuguesa para a Suíça tem apresentado números significativos desde meados do decénio de 1980. Após uma ligeira diminuição do fluxo no decurso dos últimos anos do século XX, a entrada de portugueses em território helvético voltou a intensificar-se a partir de 2002, sendo este, entre 2008 e 2010, o principal destino da emigração portuguesa. A manutenção de elevados efetivos de entrada, juntamente com um nível inferior de saídas, tornou a Suíça no segundo maior destino da emigração portuguesa na Europa e a população portuguesa nesse país na terceira maior população de imigrantes. Nos últimos anos, entre 2013 e 2015, o fluxo de emigração de portugueses para a Suíça conheceu uma importante diminuição que não se refletiu no número total de portugueses residentes que continua a apresentar uma evolução positiva.
ENTREVISTA
Entrevista com João Peixoto
João Peixoto é sociólogo e professor catedrático no ISEG, Universidade de Lisboa. Investigador no Centro de Investigação em Sociologia Económica e das Organizações (SOCIUS/CSG), os seus domínios de pesquisa e de docência são as migrações internacionais, demografia e sociologia económica. +
NOTÍCIAS
2017-02-06
[PUBLICAÇÃO] Artigo publicado no site do Institut de Recherche, d'Etude et de Formation sur le Syndicalisme et les Mouvements sociaux (IRESMO), em Fevereiro de 2017, sobre a emigração portuguesa recente em França e a divisão socio-etnica do trabalho desta população. A autora também faz referência ao "legado" da emigração portuguesa chegada a França nos anos 60-70. +

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios