FR
DESTAQUE
2017-11-07
Foram 845 os portugueses que, em 2016, entraram no Canadá, segundo os dados do Citizenship and Immigration Canada. Este número representa uma ligeira subida de 3% quando comparado com o das entradas no ano anterior. +
PUBLICAÇÃO
Na primeira década deste século (2001-2011) regressaram a Portugal pelo menos 233 mil emigrantes com naturalidade portuguesa. Mais de dois terços destes emigrantes regressaram de França, Suíça, Espanha, Reino Unido e Alemanha. Mais de três quartos voltaram durante a idade ativa, estando em idade de reforma menos de um quinto. Entre os que tinham 15 ou mais anos a escolaridade era tendencialmente baixa: quase 60% tinha no máximo o 9.º ano de escolaridade, menos de 30% o ensino secundário e pouco mais de 10% o ensino superior. Em termos de condição perante o trabalho, a situação mais frequente era a de emprego (mais de 40%), seguida da de reforma (cerca de 25%) e da de desemprego (pouco mais de 10%). Por último, dos emigrantes regressados que exerciam uma profissão, cerca de 80% era empregado por conta de outrem. +
ENTREVISTA
Entrevista com Paulo Filipe Monteiro
Paulo Filipe Monteiro é licenciado em Sociologia, pelo ISCTE. Ainda estudante, nos anos 1980, como projeto de fim de curso, iniciou o estudo da emigração das aldeias da serra da Lousã para os EUA. Continuou, mais tarde, a investigação sobre emigrantes portugueses, então a partir do destino, no Connecticut, EUA. Deste percurso surgiu o livro Emigração. O Eterno Mito do Retorno, bem como outras publicações, entre as quais Luso-Americanos no Connecticut. Questões de Etnicidade e de Comunidade. É doutorado em Ciências da Comunicação pela Universidade Nova de Lisboa, onde ensina drama, cinema e ficção. +
Notícias
[OEm] Estão a partir de hoje disponíveis, no sítio do Observatório, duas bases de dados sobre a emigração portuguesa. Pode consultar informação sobre as bases e, nas condições indicadas, solicitar o envio dos dados para exploração no âmbito de projetos de investigação ou da elaboração de teses ou dissertações. +

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios