DESTAQUE
2017-05-23
Foram 354 os portugueses que, em 2015, entraram em Itália, segundo os dados do Eurostat. Aquele organismo europeu contabilizou um total de 280,078 entradas de estrangeiros em Itália, tendo os portugueses representado 0.1% desse total. +
PUBLICAÇÃO
Entre 2008 e 2014 foram sinalizadas em Portugal 1,110 pessoas traficadas. Cerca de um quarto dessas pessoas eram cidadãos de origem portuguesa. Tratava-se, principalmente, de homens explorados no trabalho, dentro ou fora do país. A experiência de alguns atores diretamente envolvidos na luta contra o crime de tráfico de seres humanos (TSH) permite entender melhor o problema. Estudos qualitativos aprofundados, com o envolvimento das pessoas traficadas, poderiam contribuir não só para o conhecimento do fenómeno como para melhor prevenir e assistir os cidadãos traficados. +
ENTREVISTA
Entrevista com Miriam Halpern Pereira
Miriam Halpern Pereira, Professora Catedrática Emérita de História no ISCTE-IUL, doutorada em História pela Sorbonne, foi ainda diretora e fundadora do Centro de Estudos em História Social Contemporânea. O tema da emigração portuguesa tem sido recorrente no seu percurso de investigação. +
NOTÍCIAS
2017-05-23
[PUBLICAÇÃO] Artigo do Professor de sociologia na Universidade de Amesterdão e membro fundador do Instituto Internacional de Migração (IMI), Hein de Haas, publicado no site do Der Spiegel, em março de 2017, sobre os mitos e imprecisões no que respeita a migrações. +

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios