FR
Início / Destaques / 2016 / Emigração portuguesa para Espanha volta a crescer
Emigração portuguesa para Espanha volta a crescer
2016-07-12
Foram 6,638 os portugueses que, em 2015, entraram em Espanha, segundo os dados do Instituto Nacional de Estadística. Aquele organismo espanhol contabilizou um total de 455,679 entradas de estrangeiros em Espanha, tendo os portugueses representado 1.5% desse total. +

De 2000 a 2015 verificam-se três fases distintas na emigração portuguesa para Espanha. Na primeira, de 2000 a 2007, o número de entradas registou um aumento contínuo, mais pronunciado e significativo a partir de 2003. Em 2007, atinge-se o pico máximo da série em análise, com a entrada de 27,178 portugueses em Espanha. A partir de 2008, e até 2013, verifica-se uma segunda fase, agora de decréscimo, acentuado até 2009. Em 2014, começa a terceira fase, com a retoma do crescimento do número de entradas de portugueses em Espanha, confirmado em 2015.

Atualmente, a Espanha é o quinto país para onde mais portugueses emigram. Importa agora analisar a composição do fluxo atual, comparando-o com o ocorrido antes de 2007: estamos a assistir a um novo fluxo de emigração mais qualificada ou à retoma da procura de mão-de-obra pouco qualificada (que, antes de 2007, se dirigia sobretudo para o setor da construção)?

 

 

Linkhttp://www.ine.es/jaxi/Tabla.htm?path=/t20/p307/serie/l0/&file=2_4.px

 

Como citar Vidigal, Inês (2016), “Emigração portuguesa para Espanha volta a crescer”, Observatório da Emigração. http://observatorioemigracao.pt/np4/5417.html

 

[por Inês Vidigal]

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios