FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa 2009
Governo não tem conhecimento de portugueses envolvidos nos confrontos no país
2009-07-29
O Governo português disse hoje não ter conhecimento da existência de cidadãos portugueses envolvidos nos confrontos na Nigéria, que nos últimos dias já provocaram mais de uma centena de mortos

«Não temos conhecimento de portugueses envolvidos nos confrontos na Nigéria», disse à Agência Lusa fonte do gabinete do secretário de Estado das Comunidades.

De acordo com a mesma fonte, a comunidade portuguesa é pequena naquele país da África Ocidental, estando inscritos cerca de 60 cidadãos no consulado de Portugal na Nigéria, contudo, ressalvou a fonte, muitos portugueses que vão trabalhar em plataformas petrolíferas não chegam a registar-se no consulado.

Mais de uma centena de pessoas morreram em confrontos entre forças de segurança da Nigéria e extremistas islâmicos, nos últimos dias.

No total, estes confrontos atingiram quatro Estados do norte da Nigéria, nomeadamente Bauchi, Borno, Kano e Yobe.

Em resposta aos confrontos, o Presidente da Nigéria, Umaru Yar´adua, originário do norte do país, ordenou segunda-feira à noite aos serviços de segurança para estarem em "alerta total".

O norte da Nigéria é maioritariamente muçulmano e doze Estados da região instauraram em 2000 a ‘sharia', lei islâmica.

Sol, aqui, acedido em 30 de Julho de 2009.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 322

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte-iul.pt

Parceiros Apoios