FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2009
Festival musical Lusavox
2009-07-17
Concurso de talentos alargado à ciência, pintura e literatura na próxima edição O concurso de talentos musicais Lusavox vai ser alargado a áreas como a ciência, a pintura e a literatura a partir da próxima edição, anunciou hoje o secretário de Estado das Comunidades, António Braga.

"Portugal tem de aproveitar melhor o potencial das novas gerações criando programas como este que lhes permitam desenvolver a sua criatividade, por exemplo, nas artes, na cultura, na ciência e na economia. É por isso que este programa já na próxima edição será alargado a outras áreas, como a pintura, ciência e literatura", disse António Braga à Agência Lusa.

Na edição deste ano, o júri seleccionou 10 temas entre cerca de meia centena de candidaturas a concurso provenientes de 11 países de emigração portuguesa que serão apresentados num Festival a realizar no dia 01 de Agosto, em Portimão, no Centro de Congressos do Arade, com transmissão em directo na RTP e RTP Internacional.

Entre as canções escolhidas, estão originais de autores provenientes da Alemanha, Brasil, Canadá, Estados Unidos, França, Reino Unido e Suíça.

Desse festival sairão dois vencedores: um eleito pelo júri, cujo prémio é a gravação de um CD, e outro escolhido pelo público, que receberá um prémio de 5.000 euros.

Numa iniciativa do gabinete do secretário de Estado das Comunidades, em conjunto com o portal Sapo, Valentim de Carvalho, RDP e RTP, o Lusavox é dirigido aos portugueses e luso-descendentes que residem no estrangeiro e pretende descobrir talentos musicais nas comunidades portuguesas.

"É mais uma iniciativa no sentido de Portugal valorizar as novas gerações de portugueses residentes no estrangeiro", considerou António Braga.

Este ano, o festival tem como director musical o músico Pedro Abrunhosa.

Os trabalhos a concurso têm de ser originais, mas as letras das canções concorrentes não têm de ser totalmente em Português.

No entanto, o regulamento prevê que pelo menos uma estrofe seja em língua portuguesa.

Os participantes no concurso têm de estar inscritos no respectivo consulado há pelo menos um ano.

Lusa, aqui, acedido em 17 de Julho de 2009.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios