FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2009
Desemprego de portugueses em Espanha aumenta
2009-07-07

A comunidade portuguesa em Espanha está a ser directamente afectada pela crise com o desemprego a aumentar e os dados dos registos oficiais a apontarem uma descida no número de trabalhadores.

Com uma descida de 10 por cento, para 140 mil, no número de portugueses a residir em Espanha (no primeiro trimestre deste ano), é evidente também a descida no número de trabalhadores.

Os dados mais recentes confirmam, por exemplo, que o número de portugueses registados como trabalhadores na Segurança Social espanhola continua a cair, registando uma descida de 3,5 por cento desde o início do ano.

Continua assim a tendência do último ano, com a queda total no número de portugueses a ultrapassar os 22 por cento, desde o início de 2008.

Em Março, por exemplo, enquanto o número de portugueses caiu, o número total de estrangeiros registados como trabalhadores aumentou 0,05 por cento, ainda que continue bastante aquém do valor que se registava no mesmo mês em 2008 (menos 8,5 por cento).

A redução no número de portugueses entre Janeiro e Março surge depois de uma queda de 4,46 por cento que já se tinha registado desde Dezembro.

No final de Março e segundo os dados revelados esta segunda-feira, estavam registados como trabalhadores em Espanha um total de 63 623 portugueses, dos quais a maior fatia no regime geral (49.482), seguindo-se o sector agrário (7.401) e o de mar (5.132).

No que toca especificamente ao desemprego, no inicio do ano atingia já mais de oito mil portugueses em Espanha, ou cerca de 15,3 por cento da população activa, um valor que chegou a ser ainda mais elevado em Setembro do ano passado, quando atingiu os 21,5 por cento.

Bastante flutuante, a taxa de desemprego entre os portugueses residentes em Espanha chegou, no final de 2007, a registar a sua taxa mais baixa desde 2005 (5,07 por cento ou 2.700 trabalhadores num universo de 53 mil.

TSF, aqui, acedido a 07 de Julho de 2009

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios