FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa 2018
Crise levou 22 mil médicos a abandonar a Venezuela entre 2012 e 2017
2018-10-12
A crise na Venezuela provocou a emigração de 22 mil médicos, nos últimos cinco anos, que foram seguidos por milhares de enfermeiros e técnicos especializados. O relatório é da Organização Pan-americana da Saúde e confirma que os hospitais perderam a capacidade de tratar os doentes. +

Ver notícia completa em SIC Notícias aqui

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 322

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte-iul.pt

Parceiros Apoios