FR
Início / Notícias e eventos / OEm nos média / Outros factores além do corte no IRS pesam na hora de regressar a Portugal
Outros factores além do corte no IRS pesam na hora de regressar a Portugal
Para estimular o regresso dos emigrantes, António Costa propôs na Festa de Verão do PS em Caminha, no fim-de-semana passado, o corte de 50% do IRS a emigrantes que voltem a residir no país, abrangendo jovens e não-jovens, qualificados ou não, que tenham saído de Portugal entre 2010 e 2015 e queiram regressar entre 2019 e 2020. Costa sugere ainda na proposta que os emigrantes usufruam desta redução de metade do IRS durante três a cinco anos e que possam deduzir as despesas de reinstalação nos impostos. +

Ver noticia completa em Sábado aqui

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios