FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa 2017
Portugueses na Venezuela lesados do BES e Banif pedem ajuda a Governo e Presidente da República
2017-01-11
Um grupo de 120 portugueses a viver na Venezuela e que perdeu dinheiro nas resoluções do BES e do Banif enviou cartas ao primeiro-ministro e ao Presidente da República a pedir ajuda para uma situação que qualifica como catastrófica.

A carta ao primeiro-ministro, António Costa, foi enviada já em Setembro e ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, no final do ano, sendo que para já ainda não houve resposta oficial, segundo disse à Lusa um dos subscritores.

“A maior parte da comunidade portuguesa foi afectada pela resolução do BES [Banco Espírito Santo] e do Banif, vendo dissipadas todas as suas poupanças, através de esquemas bancários fraudulentos. Urge socorrer esta comunidade”, lê-se na carta, a que a Lusa teve acesso, na qual os subscritores dizem passar por uma “catástrofe social e financeira”, uma vez que aos impactos das resoluções de bancos se junta a situação difícil do país em que vivem.

Por isso, pedem a presença, com “carácter de urgência, de um representante do Governo português em Caracas” para se inteirar da situação e tentar encontrar alguma solução.

Sara Freitas, uma das subscritoras, disse à Lusa que em causa estão emigrantes portugueses que aplicaram o dinheiro poupado sobretudo em produtos do BES.

 
Ler artigo completo no Diário de Notícias, aqui

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 322

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte-iul.pt

Parceiros Apoios