FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2016
Londres vai ter espaço voltado para emigrantes portugueses em 2017
2016-11-17
Capital britânica também terá escola bilingue anglo-portuguesa financiada pelo Governo britânico.

Londres está no radar do Governo em matéria de apoio à comunidade lusa e isso vai ter expressão concreta: para o próximo ano está prevista a criação de um espaço do cidadão e em 2018 deverá abrir portas a primeira escola bilingue anglo-saxónica, anunciou ao PÚBLICO o secretário de Estado das Comunidades, José Luís Carneiro, que está a acompanhar a visita oficial do Presidente da República à capital britânica.

“Londres e Bruxelas são os consulados que estão a merecer mais atenção na Europa”, afirmou José Luís Carneiro, e por isso serão duas cidades onde se vão abrir os próximos espaços do cidadão, logo a seguir a São Paulo, no Brasil. Depois dos “resultados muito positivos” de Paris, que no Verão acolheu a primeira experiência-piloto destas lojas do cidadão viradas para os emigrantes, estão já identificados os três consulados com condições para replicar rapidamente a iniciativa.

A capital londrina vai também acolher a primeira escola bilingue anglo-portuguesa do Reino Unido, com instalações e um financiamento de dois milhões de euros cedidos pelo Governo britânico, cujo projecto já está aprovado e deverá abrir em 2018.

 

Ler artigo completo no Público, aqui

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios