FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2016
O que faria Donald Trump na Casa da Saudade?
2016-11-03
A biblioteca luso-americana, em New Bedford, nasceu há 45 anos, para matar as saudades dos emigrantes portugueses.

Os leitores procuram notícias no jornal da terra de origem, receitas culinárias e romances. Encontram assim, uma forma de matar saudades e por isso, a biblioteca em New Bedford foi batizada com o nome "Casa da Saudade".

A diretora da Casa, Daniela Ferreira, destaca a forma como os emigrantes portugueses procuram as publicações nacionais, enquanto os norte-americanos fazem uma utilização mais pragmática da biblioteca, para estarem online, tirar fotocópias ou enviar faxes.

 

Ver reportagem completa na TSF, aqui

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios