FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2016
O que pensa o Donald Trump português e outros quatro emigrantes das eleições?
2016-11-01
"Eu sou como o Trump", diz Carlos Rafael, emigrante e magnata das pescas nos EUA. Em tempos esteve na prisão — e acredita que esse é o lugar de Hillary. O que pensam os nossos emigrantes das eleições?

À primeira vista, Carlos Rafael é uma espécie de Donald Trump de New Bedford. Vestido com calças de ganga e uma camisola polar cinzenta e com o auricular do telemóvel sempre na orelha direita, este milionário do setor das pescas fala a um volume próprio de uma desgarrada. Sobrepondo-se ao barulho das gaivotas que ainda resistem aos 10 graus e ao vento que aqui faz, a sua voz espalha-se pelo porto desta cidade costeira do estado do Massachusetts onde há uma forte presença de portugueses, a maior parte vindos dos Açores. Como este homem que, de cigarro na mão, comenta política. De palavrão em palavrão, diz tudo o que lhe ocorre. “Eu sou como o Donald Trump, digo tudo o que me vem à cabeça”, avisa. “Por isso é que às vezes estou a falar e quando dou por mim parece que estou num ringue de boxe.”

“Eles que se fodam!”, frase que repete amiúde tanto em português ou em inglês, parece ser o seu lema.

 

Ler artigo completo no Observador, aqui

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios