FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2016
«Sala de Espera» dos emigrantes portugueses nos anos 60 em exposição
2016-10-31
A cidade francesa de Hendaia acolhe, até 10 de novembro, a exposição "Sala de Espera", da autoria do fotógrafo francês Gabriel Martinez, que retrata o "drama humano" da chegada dos portugueses à estação de caminho-de-ferro de Hendaia, nos anos 60.

A mostra é uma das exposições que acompanha o colóquio sobre o primeiro centenário do acordo de mão-de-obra franco-português, que hoje se realiza na câmara municipal da cidade que faz fronteira com a Espanha.

As imagens, a preto e branco, numa sala de espera e no cais da estação, espelham o cansaço da viagem entre Portugal e França, com homens, mulheres e crianças a dormirem em bancos, braços cruzados em cima de sacos, e muitas malas espalhadas pelo chão ou em cima de mesas.

"Eram portugueses que estavam reunidos numa grande sala de espera. Lembro-me perfeitamente. Estavam lá de passagem. Era um drama humano, um grande drama humano, famílias inteiras com a casa às costas", descreveu à Lusa Gabriel Martinez.

As fotografias remontam "há uns 50 anos", recorda o francês de 79 anos, que realizou o trabalho com uma máquina fotográfica rolleiflex, apenas numa manhã, datada "por volta de 1969" no livro "Sala de Espera", no qual foram publicadas as imagens, em 2008.

 

Ler artigo completo no Diário Digital, aqui. 

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios