FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2016
'Lição de vida' do "bidonville" de Champigny vai ser recordada amanhã
2016-10-06
A "lição de vida" do "bidonville" de Champigny será recordada sexta-feira na cidade francesa numa homenagem aos que contribuíram para um monumento no local que nos anos 60 e 70 foi o maior bairro de lata português em França.

A Associação Les Amis du Plateau vai fazer uma "cerimónia de entrega de medalhas aos mecenas do projeto e a várias personalidades portuguesas e francesas" que desempenharam um papel na defesa e divulgação da história do "bidonville" de Champigny-sur-Marne, como os fotógrafos Gérald Bloncourt, Jean-Claude Broustail, a historiadora Marie-Christine Volovitch-Tavares e antigos professores que deram aulas às crianças portuguesas que moravam no bairro-de-lata, entre outras personalidades.

"Nós vivemos aqui, vimos crescer o bairro de lata que, apesar da miséria, deu muita coragem a uns, a outros nem por isso? Foi uma lição de vida de que temos orgulho hoje, ainda que na altura muitos de nós tivéssemos vergonha", disse à Lusa Valdemar Francisco, presidente da associação Les Amis du Plateau.

A cerimónia vai decorrer na Câmara Municipal de Champigny-sur-Marne, cerca de quatro meses depois de o monumento imaginado pelos portugueses ter sido inaugurado, a 11 de junho, pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e pelo primeiro-ministro, António Costa, no âmbito das comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.

 
Ler artigo completo no Notícias ao Minuto, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios