FR
Início / Notícias e eventos / OEm nos média / Emigração portuguesa para a Suíça voltou a afundar em 2015
Emigração portuguesa para a Suíça voltou a afundar em 2015
A entrada de portugueses no território recuou 19% no ano passado e quase metade dos 12.325 registos "escondem" a transformação de autorizações provisórias em permanentes.

O número de entradas de portugueses na Suíça afundou pelo segundo ano consecutivo, mostram os dados oficiais do departamento federal de estatísticas. Em 2015 foram 12.325 os cidadãos nacionais que se instalaram ali de forma permanente, ou seja, menos 2.896 do que no ano anterior.

 

Depois de cair 24% em 2014, no ano passado o decréscimo na nova emigração portuguesa naquele território foi de 19%. Esta "tendência recessiva", como designa o presidente do Observatório da Emigração (OdE), acontece em contraciclo com o aumento, ainda que ligeiro (0,9%), do número total de estrangeiros.

 

Ainda no que toca ao número de entradas naquele país, detalha Rui Pena Pires, este registo oficial traduz-se assim "numa perda relativa de importância" da comunidade portuguesa, cuja representação passou em apenas dois anos de 12% para 7,6% do total. No total, foram contabilizadas as entradas de 162.563 migrantes na Suíça.

 

Ler artigo completo no Jornal de Negócios, aqui

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios