FR
Início / Recursos / Teses e dissertações
Contributos da emigração e do regresso em meio rural
2016-09-13
Maria Ortelinda Gonçalves apresentou, em 2007, uma tese de doutoramento em Geografia Humana, na Universidade Aberta de Lisboa, sobre as implicações da emigração e do regresso na Região Barrosã. +

Título  Desenvolvimento em Meio Rural. Contributos da Emigração e do Regresso. Aplicação ao Concelho de Boticas na Região Barrosã
Autor  Maria Ortelinda Barros Gonçalves
Orientadoras  Maria da Conceição Pereira Ramos e Maria Manuela Malheiro Dias
Data  2007
Institutição  Universidade Aberta de Lisboa
Área  Geografia humana

https://repositorioaberto.uab.pt/bitstream/10400.2/778/1/LC308.pdf

 

Resumo  “Embora a ruralidade englobe traços comuns, o meio rural caracteriza-se por uma imensa diversidade. Estabelecer tipologias capazes de captar esta diversidade é uma das mais importantes missões das pesquisas contemporâneas, voltadas para a dimensão espacial do desenvolvimento. A fim de contribuirmos para esta missão e para uma maior intervenção no território em estudo – concelho de Boticas na Região Barrosã –, procuramos responder às seguintes questões: Quais as implicações da dinâmica da emigração/regresso no desenvolvimento do território em estudo? Que políticas/estratégias de gestão territorial devem ser implementadas para a fixação/atracção da população? Neste contexto, a presente investigação alicerçou-se em diversas fontes de informação numa lógica multi-método, integrando técnicas de inquirição, de observação e de análise documental. Esta complementaridade metodológica possibilitou à pesquisa uma maior amplitude de informação e uma maior riqueza, sendo construída, reformulada, testada e reconstruída por indução analítica. Consideramos oportuno potenciar (facilitando/apoiando) as forças (recursos) do espaço rural em estudo, valorizando, as capacidades, o know-how e as mudanças sociais, económicas e culturais que os ex-emigrantes e os emigrantes actuais, enquanto actores transnacionais de desenvolvimento, induzem, de forma directa ou indirecta, na comunidade local, dando sugestões para superar os obstáculos à criação de capital social.”

Abstract  Although rurality encloses common traits, rural habitat is characterised by an immense diversity. One of the most important missions of the nowadays researches, oriented to the spatial dimension of development, is to establish typologies, able to capture that diversity. So as to contribute to this mission and to a larger intervention in the territory under study – Region of Boticas in the Barrosã Region –, we intend to answer to the following questions: Which are the implications of the dynamics of the emigration/return in the development of the territory under study? Which policies/strategies of territorial management should be implemented for the fixation/attraction of the population? In this context, the current investigation is based on several sources of information in a multi-method logic, integrating inquiring, observation and document analyses techniques. This method has allowed the research a larger perspective of information and a bigger richness, as it was constructed, reformulated, tested and rebuilt by analytical induction. We thought of utmost importance to strengthen (facilitating/supporting) the capital (resources) of the rural space under study, highlighting, the capacities, the know-how and the social, the economic and the cultural changes of the ex-emigrants and the current emigrants, whereas transnational actors of development, promoting directly and indirectly the local community, giving suggestions to overcome the obstacles to the creation of social capital.

 

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios