FR
Início / Notícias e eventos / OEm nos média / Emigração portuguesa para Espanha volta a crescer
Emigração portuguesa para Espanha volta a crescer
Mais de 6.600 portugueses entraram em Espanha no ano passado, cerca de 1,5% do total de entradas de estrangeiros no país vizinho. Espanha é já o quinto país para onde mais portugueses emigram. Mas permanece a incógnita: é um novo fluxo de emigração mais qualificada ou a retoma da procura de mão-de-obra pouco qualificada?

Foram 6.638 os portugueses que, em 2015, entraram em Espanha, segundo os dados do Instituto Nacional de Estadística, revela o Observatório da Emigração (OEm).

Segundo o OEm, aquele organismo espanhol contabilizou um total de 455.679 entradas de estrangeiros em Espanha, tendo os portugueses representado 1,5% desse total.

“De 2000 a 2015 verificam-se três fases distintas na emigração portuguesa para Espanha. Na primeira, de 2000 a 2007, o número de entradas registou um aumento contínuo, mais pronunciado e significativo a partir de 2003”, avança o OEm.

Realça aqui que, em 2007, atinge-se “o pico máximo” da série em análise, com a entrada de 27.178 portugueses em Espanha.

Já a partir de 2008, e até 2013, diz o OEm, verifica-se uma segunda fase, “agora de decréscimo, acentuado até 2009”.

Em 2014, começa a terceira fase, com a retoma do crescimento do número de entradas de portugueses em Espanha, confirmado em 2015.

 

Ler artigo completo no Económico, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios