FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2016
Mão de obra que move a França, Portugal construiu até estádio da final
2016-07-09
A construção em Paris, na França, tem caminhão à frente para transporte do pesado material. O veículo tem acima a bandeira de Portugal. Normal. O país tem a maior quantidade de imigrantes portugueses, e o setor de serviços é a marca.

Padeiros, cabeleireiros, pintores, é muito simples encontrar trabalhadores portugueses na França. Mas nada é tão marcante como o setor da construção. Quase tudo tem a marca de Portugal. E isso inclui até o Stade de France, em Sant Denis, palco da final da Eurocopa entre França e Portugal, neste domingo às 16h (de Brasíia). Um empresa portuguesa, com mais de 50 funcionários lusitanos, moveu a obra.

"São 24 anos morando aqui. Comecei sofrendo, mas foi no setor de obras que encontrei o ganha pão. Hoje a empresa cresceu e teve espaço para o meu irmão e cunhado. Somos só portugueses por aqui˜, contou Fernando Gonçalves ao UOL Esporte em pausa no trabalho de construção de uma casa nos arredores de Paris.

 

Ler artigo completo na UOL, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios