FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2009
Comunidade portuguesa em Massachusetts exige maior representação política
2009-06-10

Tony Cabral, um dos luso-eleitos de Massachusetts, Estados Unidos, considera que os números da comunidade portuguesa neste Estado "merecem uma maior representação" política.

Em declarações à Lusa em Boston, Tony Cabral disse que a representação política, cívica e judicial da comunidade portuguesa no Estado de Massachusetts tem que ser "maior e mais forte".

"Pela sua grandeza, a nossa comunidade merece uma maior representação política, não só a nível de Estado, mas também a nível federal, onde infelizmente ainda não temos um representante luso-descendente", disse o congressista.

"A comunidade portuguesa de hoje é muito mais activa e participante, muito mais envolvida no dia-a-dia da sua comunidade e é devido a essa participação que o número de luso-eleitos vai crescendo", considerou.

Tony Cabral acrescentou que o facto de hoje haver seis congressistas e um senador de origem portuguesa na Legislatura de Massachusetts se deve a "um trabalho colectivo e ao mesmo tempo de indivíduos que com o seu trabalho e participação tem ajudado a tornar a comunidade muito mais forte politicamente".

 Como exemplo, apontou as comemorações do Dia de Portugal na Assembleia estadual, em que foram distinguidos 16 portugueses e luso-descendentes.

Tony Cabral é um dos luso-eleitos "veteranos" no Estado de Massachusetts, representando o distrito eleitoral de New Bedford pelo partido Democrata na Assembleia estadual desde 1991.

O Estado de Massachusetts é actualmente o que mais representantes luso-americanos tem no seu Congresso, contando com seis congressistas e um senador que fazem parte do chamado Portuguese-American Legislative Caucus.

O Estado, que alberga uma grande comunidade de origem açoriana, que se instalou em força ainda no século dezanove por causa da pesca, tem ainda dezenas de outros políticos e eleitos locais nas várias cidades onde se concentra a comunidade portuguesa.

Bob Correia, actual presidente da câmara da cidade de Fall River, um dos primeiros luso-descendentes eleitos para o Congresso de Massachusetts, foi quem, há vinte e cinco anos, deu início às comemorações do Dia de Portugal na State House.

Bob Correia referiu que hoje essas celebrações significam "um sinal de respeito pela comunidade portuguesa".

A presença luso-americana neste Estado é cada vez mais representativa também em áreas como a ciência ou o empreendedorismo.

De destacar o Prémio Nobel da Medicina, Craig Melo, um luso-descendente de ascendência açoriana, ou os irmãos Frias, António e Joseph, proprietários da S&F Concrete Contractor, uma da maiores empresas de construção civil do Estado.

Nas várias universidades e institutos de Massachusetts são também às dezenas os investigadores portugueses e luso-descendentes envolvidos em pesquisa nas mais variadas áreas da ciência.

Na área empresarial e na histórica cidade de Boston, por exemplo, é propriedade de um português, Manny Rogers, uma das mais emblemáticas empresas de passeios turísticos - a Boston Duck Tours.

Trata-se da adaptação de um carro de combate anfíbio do tempo da Segunda Grande Guerra que mostra a cidade aos turistas através de percursos em terra e no rio.

Outro caso de sucesso empresarial é o de Luís Pedroso, actualmente presidente da Accutronics Inc., de Chelmsford, no ramo da electrónica, e um dos mecenas do Centro de Estudos Portugueses da Universidade de Massachusetts Darthmouth e do Middlesex Community College, para onde já doou centenas de milhares de dólares.

Diário de Notícias, aqui, acedido em 15 de Junho de 2009

 

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios