FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2016
Filme «Portugueses do SoHo» chega ao Centro Cultural de Belém
2016-06-21
O Centro Cultural de Belém (CCB) projeta a 23 de junho, pelas 21 horas, o documentário «Portuguese from SoHo - A story thar changed geography» («Portugueses do SoHo - Uma história que mudou de Geografia»). O filme de Ana Miranda conta a história dos emigrantes portugueses que foram morar naquele bairro a partir de finais dos anos 40 do século XX.

“Através de sua história, descobrimos a história deste bairro, bem no coração de Manhattan, e da cidade de Nova York. Este documentário visa ser a voz e o registo inédito da vida destes portugueses, dando a conhecer a Portugueses e Americanos uma presença desconhecida por muitos”, refere a realizadora do documentário e diretora do Arte Institute, organização centrada na arte e cultura portuguesas contemporâneas, que em cinco anos de existência já promoveu mais de 550 artistas e apresentou eventos em 29 cidades de 15 países, nos cinco continentes.
A exibição em Lisboa surgiu na sequência de uma reunião com os responsáveis do Centro Cultural de Belém. “Na altura mostraram-se logo interessados e mostraram disponibilidade e vontade em acolher a estreia em Portugal no CCB”, revela Constança Vilela, do Arte Institute. A exibição no CCB será, para já, a única oportunidade de assistir ao documentário em Portugal. Exibido em Abril no MOMA e no Anthology Film Archives, em Nova Iorque, e a 17 deste mês no cinema Babylon, em Berlim, «Portugueses do SoHo» está a ser programado para exibição nos 15 países onde o Arte Institute leva o ‘NY Portuguese Short Film Festival’. No início de setembro, ainda em datas a confirmar, deverá ser exibido em Moçambique e a 14 do mesmo mês será projetado na Africa do Sul.

Preservar memórias
Com o fim da Segunda Guerra Mundial, começaram a chegar ao SoHo e acabaram por ali fixar uma grande comunidade. E ainda há muitos portugueses a viverem, há 40 ou 60 anos, num dos mais icónicos bairros de Nova Iorque. Foi Ana Miranda, diretora do Arte Institute, que o descobriu quando foi para lá morar, num prédio de propriedade de uma portuguesa de Viseu.
Iniciou as filmagens há dois anos atrás e reuniu neste documentário várias histórias de vida. “São pessoas que mantêm Portugal e as suas vivências perto de si: os objetos em casa, a decoração - têm na parede um quadro da Última Ceia - a maneira como se vestem”, contou Ana Miranda numa entrevista concedida em abril último ao ‘Mundo Português’.
A portuguesa da região de Viseu, então com mais de 80 anos, e o seu edifício onde vivam outros portugueses, foram a fonte de inspiração inicial para o documentário, mas rapidamente Ana Miranda percebeu que havia mais.

 

Ler artigo completo no Mundo Português, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios