FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2016
Marcelo defende reforço da participação política dos emigrantes
2016-06-12
O Presidente da República defendeu hoje um reforço da participação política dos emigrantes, sem especificar em que termos, e afirmou que a celebração 10 de Junho fora de Portugal é para repetir e "deve ficar institucional".

Falando em seu nome e do Governo, Marcelo Rebelo de Sousa declarou: "Nós estamos atentos ao reforço da participação política dos nossos compatriotas espalhados pelo mundo na política portuguesa. E faremos tudo para que esse reforço se dê mais vezes, mais intensamente".

O chefe de Estado falava durante uma cerimónia em Champigny-sur-Marne, nos arredores de Paris, perante centenas de emigrantes e lusodescendentes, a quem assegurou que "quer o Presidente da República quer o Governo estão atentos aos novos problemas das comunidades portuguesas", incluindo o ensino da língua portuguesa.

"E foi bom ouvirmos ontem [sexta-feira] o compromisso do Presidente da República Francesa [François Hollande] quanto ao apoio à língua portuguesa em França", considerou, com o primeiro-ministro, António Costa, sentado ao seu lado.

No final do seu discurso, Marcelo Rebelo de Sousa frisou que as comemorações, inéditas, do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas fora do país são para repetir.

 
Ler artigo completo no Noticias ao Minuto, aqui.  

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios