FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2016
O sindicalista com bigode à Astérix que vai dando água pela barba ao governo
2016-06-06
Por estes dias, o verdadeiro líder da oposição é Philippe Martinez, chefe da maior central sindical. Quem é este homem que, revoltado com a nova lei do trabalho, pôs o país na rua a lutar contra François Hollande e Manuel Valls?

Aprendeu a gostar de sardinhas assadas com os emigrantes portugueses que vivem nos arredores de Paris. Além do petisco luso, entre os fetiches culinários de Philippe Martinez, líder da Confederação Geral do Trabalho (CGT), a principal união sindical em França, figuram também os doces orientais e o chá de menta. O que não lhe cai no goto nem lhe adoça a boca é a nova lei do trabalho. As intenções do presidente François Hollande e do primeiro-ministro Manuel Valls fizeram a azia crescer-lhe no estômago. Ele cerrou os dentes, trouxe o país para a rua em manifestações e greves e transformou-se na principal figura da oposição ao governo.

Atualmente com 55 anos, Martinez chegou à liderança da CGT em fevereiro do ano passado, sucedendo no cargo a Thierry Lepaon. Desde que assumiu o farfalhudo bigode - comparado pelo insuspeito Le Monde àquele que em tempos ornamentava a face do português Artur Jorge, "mítico treinador do PSG" - tornou-se uma imagem de marca que lhe adensa o carisma e que já lhe valeu diversas alcunhas, como Mexicano, Astérix ou Dupond e Dupont.

 

Ler artigo completo no Diário de Notícias, aqui

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios