FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2016
Marido de Cláudia Jacques detido por suspeitas de burla
2016-06-01
Olivier da Silva já emitiu um comunicado em que alega que a notícia hoje avançada é falsa e empolada e que o processo é referente à negócios legais

Olivier da Silva, marido da figura do jet-set Cláudia Jacques, foi ontem detido pela Polícia Judiciária do Porto ao abrigo de um mandado de detenção europeu emitido pelas autoridades francesas, por suspeitas de burla, avança hoje o Jornal de Notícias.

Segundo a publicação, Olivier da Silva já terá assumido outras identidades e diversas profissões em negócios de compra e venda de carros.

No processo em causa, o queixoso é um francês e está em causa a negociação de um carro de luxo, avança o JN.

Segundo a mesma fonte, o marido de Cláudia Jacques já foi condenado, em maio de 2013, a quatro anos e seis meses de pena suspensa por crimes de falsificação e burla, na forma tentada.

Olivier da Silva emitiu esta manhã um comunicado, também partilhado no Facebook de Cláudia Jacques, em que diz que "vai ser emitido um desmentido nos termos legais para repor a verdade" e que "a notícia do JN é falsa e está empolada com fins jornalísticos". Esclarece também que "o processo é referente a negócios perfeitamente legais que serão brevemente esclarecidos".

Ler artigo completo no Diário de Notícias, aqui

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios