FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2016
José Mário Branco: é tempo de “Mudar de vida”, com um “rap eriçado”
2016-05-04
São 115 minutos de um documentário entusiasmante que traça o longo percurso de criação artística e de combate cívico e político do cantautor. O documentário, que “cavalga o coração” de uma ou duas gerações de gente, como escreve o nosso crítico Jorge Leitão Ramos, chega esta quinta-feira à estreia comercial no cinema

 25 de abril de 2005: estudantes do curso de cinema na Universidade da Beira Interior, na Covilhã, Pedro Fidalgo e Nelson Guerreiro, numa atividade prática ligada ao seu plano curricular, vão registar o recital inaugural do Teatro Municipal da Guarda. Era um espetáculo de José Mário Branco – e logo aí surgiu a ideia de um documentário sobre a vida e obra do cantautor.

Armados apenas com a sua boa vontade e sem qualquer perspetiva de financiamento, deslocam-se a Lisboa, batem à porta de José Mário Branco e fazem-lhe a proposta. Este pede algum tempo para refletir mas, três dias volvidos, aquiesce à ideia. Começa, então, uma longa aventura em que, para lá de demoradas conversas filmadas, Fidalgo e Guerreiro partem à descoberta de materiais escritos, sonoros, iconográficos e audiovisuais e chegam à fala com várias pessoas cuja vida se cruzara com a de José Mário Branco – tudo num eixo Lisboa–Paris, cidade para onde, entretanto, Pedro Fidalgo se deslocara, em Erasmus.

E é em Paris que descobrem um material preciosíssimo e inédito: os takes, ainda em estado bruto, nunca montados, de um filme incompleto sobre a emigração portuguesa em que o cantor colaborara ativamente, “Chant en Exil”, realizado por Dominique Dante. Aí se documentam espaços humanos da emigração, atividades de resistência antifascista, atuações de José Mário Branco em anos longínquos.

 

Ler artigo completo no Expresso, aqui

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios