FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2016
Emigrante foi morta em casa de português que morreu em Lisboa
2016-04-29
Maria da Cruz terá sido morta à facada no apartamento de um português, que terá morrido em Lisboa a 19 de abril

O caso da emigrante portuguesa encontrada desmembrada no rio Elster em Leipzig, na Alemanha, está a ganhar um novo rumo e as autoridades locais acreditam que esta terá sido morta no apartamento de um português.

Segundo a imprensa local, citada pelo Jornal de Notícias, as autoridades acreditam que Maria da Cruz, de 43 anos, terá sido morta à facada num apartamento no bairro de Grunau, local onde a polícia terá encontrado vestígios de sangue da vítima, que foi posteriormente atirada ao rio junto a uma ponte.

O tronco da mulher foi encontrado por um transeunte, na passada quinta-feira. Os restantes membros foram localizados no dia seguinte. A identificação só foi possível depois da autópsia, pois o cadáver não tinha quaisquer documentos de identificação.

 

Ler artigo completo no Diário de Notícias, aqui

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios