FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2016
Emigrante portuguesa encontrada desmembrada na Alemanha
2016-04-27
Autoridades de Leipzig depararam-se com o corpo no rio. Caso está a ser investigado

Um corpo que foi encontrado desmembrado no rio Elster, perto da cidade alemã de Leipzig, foi esta terça-feira identificado como o de uma emigrante portuguesa de 43 anos. Maria D., assim identificada pelas autoridades alemãs, foi sujeita a extrema violência, pois os membros foram-lhe separados do corpo.

O tronco da mulher, segundo os media alemães, foi encontrado sob a ponte Landauer por um transeunte, já na passada quinta-feira. As autoridades iniciaram então buscas no rio, tendo só localizado os membros da mulher nos dias seguintes.

A identificação só foi possível após a autópsia pois o cadáver não tinha quaisquer documentos identificativos.

Segundo o jornal alemão Build, o caso está oficialmente a ser investigado pela procuradoria alemã como homicídio, não tendo no entanto sido divulgada a causa da morte - nem se o desmembramento foi feito antes ou depois do óbito.

Nesta fase, escreve a publicação alemã, os investigadores pedem a quem possa dar quaisquer pistas sobre o caso que contactem a polícia.

 

Ler artigo completo no Diário de Notícias, aqui

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios