FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2016
Portugueses com empregos precários no estrangeiro
2016-03-01
Em países como a Suíça, Luxemburgo, França e Canadá os emigrantes não têm conseguido vínculos laborais estáveis

Os portugueses têm empregos precários nos países onde procuram melhores condições de trabalho. Segundo o jornali, na Suíça, em França, no Canadá e no Luxemburgo as pessoas costumam encontrar trabalho sem vínculos nas obras, restaurantes, limpeza e agricultura.

Na Suíça, indica o jornal, viviam em Setembro de 2015 cerca de 278 mil portugueses. Os sectores que mais empregam a comunidade portuguesa neste país são a construção civil, a hotelaria, a restauração e a agricultura. Destaca-se ainda o desemprego sazonal, sendo que no Inverno, o número de desempregados entre a comunidade é 50% maior do que nos meses de Junho, Julho e Agosto. Em 2015, registou-se um recorde de portugueses sem trabalho: 14774 pessoas. 

Quanto ao Luxemburgo, a falta de formação e conhecimento de línguas (como o francês, o alemão e o luxemburguês) elencam-se como razões que levam à absorção dos portugueses por sectores como a hotelaria, construção civil e serviços de limpeza, onde também encontram empregos precários. Um terço dos empregados no Luxemburgo, conta o jornal i, são de origem portuguesa. Aliás, no final de 2015, os trabalhadores portugueses no país eram os mais expostos ao risco de cair na pobreza.     

 

Ler artigo completo na Sábado, aqui

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios