FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa 2016
Portugueses são quem mais recorre às cantinas sociais no Luxemburgo
2016-02-09
Os emigrantes portugueses no Luxemburgo foram quem mais recorreu em 2015 às cantinas sociais da "Voz da Rua", que serve refeições a sem-abrigo e pessoas em situação precária, segundo dados da associação.

No último ano, 500 portugueses frequentaram a cantina social da associação na capital luxemburguesa (18,5%), um número superior aos 484 luxemburgueses que por lá passaram no mesmo período, representando ainda 23% do total em Esch-sur-Alzette, a segunda maior cidade do país (241 pessoas).

Segundo a assistente social da 'Voz da Rua' ('Stëmm vun der Strooss', em luxemburguês), o perfil dos portugueses que recorrem às cantinas sociais não se limita aos que não têm casa para viver.

"Há sem-abrigo que têm problemas de toxicodependência, pessoas que trabalham e têm dificuldade para fazer face às despesas e aproveitam para vir comer aqui, e pessoas idosas que recebem pensões de reforma muito baixas e não têm dinheiro suficiente para viver", explicou Charlotte Marx.

 

Ler artigo completo no Notícias ao Minuto, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 322

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte-iul.pt

Parceiros Apoios