FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2016
Emigrantes indignados com polémica em torno de Tony Carreira
2016-01-21
Conselheiro das comunidades lança petição a pedir substituição do embaixador de Portugal em França

Portugueses residentes em França estão a manifestar indignação com a recusa da Embaixada de Portugal em Paris em acolher a cerimónia de atribuição do grau de Cavaleiro da Ordem das Artes e das Letras ao cantor Tony Carreira. 

Paulo Marques, conselheiro das comunidades portuguesas, disse à Lusa que "a comunidade está bastante chocada" mas "não está admirada porque há alguns anos que a Embaixada de Portugal [em Paris] desapareceu do mapa das comunidades", criticou.

"A comunidade está bastante chocada porque sente que Portugal solicita o apoio das comunidades portuguesas, solicita o envio de remessas, solicita o investimento dos portugueses, mas verifica-se que ainda há muitos ‘a prioris' com esta comunidade e com a cultura e as artes", declarou.


O conselheiro eleito pela área consular de Parislamentou, também, "a opinião do ministro dos Negócios Estrangeiros que acha que os fãs do Tony Carreira dariam um estudo sociológico".

"Essa mensagem de desprezo é grave e o ministro dos Negócios Estrangeiros deveria era pedir desculpas pelo que disse porque demonstra claramente um afastamento deste Governo com as suas comunidades", declarou o também autarca de Aulnay-sous-Bois, na região de Paris.


Raul Lopes, outro conselheiro das comunidades portuguesas eleito pela área consular de Paris, disse à Lusa que também lhe chegaram "ecos de indignação de portugueses relativamente ao facto de a embaixada não ter permitido que a condecoração fosse entregue lá", mas "pessoalmente" diz não ver "razão para tanto alarido".

"É um facto que há gente muito indignada. Agora, a minha opinião pessoal é que, sendo o Estado francês a atribuir a condecoração, não percebo por que é que a cerimónia haveria de realizar-se nas instalações do Estado português na Embaixada em Paris. Julgo que quem atribui a condecoração deveria arranjar um espaço digno para o fazer", declarou.


Raul Lopes confirmou que "está a haver uma grande celeuma no Facebook e a maior parte das opiniões é a favor da pretensão do Tony Carreira e contra a posição do embaixador", sublinhando que a atribuição da mesma condecoração à fadista Mísia na Embaixada de Portugal, em 2004, suscita interrogações sobre a existência de "dois pesos e duas medidas".     

 

Ler artigo completo na Tvi24, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios