FR

Link para inquéritoO regresso como emigração: o caso dos jovens adultos portugueses

Início / Recursos / Recortes de imprensa 2015
Venda do Banif protege “as poupanças dos emigrantes portugueses”
2015-12-21
António Costa defende as razões que levaram hoje à decisão pela venda do Banif ao espanhol Santander por 150 milhões de euros. Líder do Governo sublinha que autoridades portuguesas tinha conhecimento da situação “há mais de um ano”.

"Esta venda tem custos muito elevados para os contribuintes mas é, no quadro das soluções hoje possíveis, a que melhor defende o interesse nacional", começa por dizer António Costa no rescaldo da decisão da venda do Banif ao espanhol Santander.

O primeiro-ministro português declarou que a opção de venda foi tomada tendo com conta a proteção dos depositantes, a defesa dos postos de trabalho, a salvaguarda da economia e a defesa dos interesses financeiros.

António Costa frisa que a venda "protege integralmente, tal como garantido anteriormente, os depósitos, incluindo as poupanças dos emigrantes portugueses confiadas ao Banif".

"Quando o Governo tomou posse, foi confrontado com uma situação de urgência que era, no entanto, conhecida pelas autoridades portuguesas há mais de um ano", atirou o socialista.

 

Ler artigo completo no Port.com, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 322

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte-iul.pt

Parceiros Apoios