FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa 2015
Emigração deverá manter-se alta mesmo após crise
2015-12-15
O coordenador científico do Observatório da Emigração, Rui Pena Pires, admitiu no parlamento que a emigração nacional, que em 2014 estabilizou com a saída de 110 mil portugueses, deverá "manter-se alta", mesmo depois de ultrapassada a crise.

O responsável do Observatório da Emigração foi ouvido, esta terça-feira, a pedido do PCP, na comissão parlamentar de Negócios Estrangeiros e Comunidades Portuguesas a propósito do relatório da emigração do ano passado e do corte do financiamento decidido pelo anterior Governo, de maioria PSD/CDS-PP.

"Vamos ter emigração alta, embora mais baixa que os níveis atuais, uma vez esta crise ultrapassada. Nunca iremos, nos tempos mais próximos, regressar a níveis de emigração muito baixos", declarou Pena Pires.

O relatório da emigração de 2014 indicou que a emigração se manteve nos níveis do ano anterior, com um saldo de 110 mil saídas, e que a imigração foi baixa, criando uma "recessão demográfica" que o responsável do Observatório disse ser preocupante, por se somar "ao fraco saldo demográfico natural".

"Espero que a emigração comece a descer. É provável que comece a descer, independentemente das políticas, pela simples razão de quedaqui a pouco não há mais ninguém para sair", considerou.

O Observatório, criado em 2009, resulta de uma parceria entre o ISCTE e a Direção Geral dos Assuntos Consulares e das Comunidades Portuguesas e elaborou, pela segunda vez, o relatório da emigração. O primeiro estudo, relativo a 2013, foi divulgado em julho de 2014, mas os dados do ano passado apenas foram conhecidos em outubro, já depois das eleições legislativas, apesar de o relatório ter sido entregue em junho deste ano ao anterior Governo.

 

Ler artigo completo no Jornal de Notícias, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte-iul.pt

Parceiros Apoios