FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2009
Comunidades: Crise económica reforça importância da cooperação luso-brasileira - António Braga
2009-02-28

São Paulo, Brasil, 28 Fev (Lusa) - O secretário de Estado das Comunidades, António Braga, afirmou sexta-feira, em São Paulo, que a crise económica internacional reforça a importância da cooperação entre Portugal e o Brasil.

"Quanto mais se acentua a crise, mais importante se torna a cooperação estratégica entre os dois países", disse o secretário, no segundo dia de visita oficial ao Brasil.

António Braga salientou, na sessão solene dos 30 anos do Arouca Clube de São Paulo, que Portugal e Brasil "são dois vértices de um triângulo estratégico", formado também pela África lusófona.

O secretário de Estado das Comunidades sublinhou que os dois países "têm uma visão sobre o Mundo muito próxima" e que é preciso que a cooperação estratégica "se faça para além dos afectos, com tradução no Mundo dos negócios".

"Portugal e Brasil podem ser uma ponte de ligação entre a União Europeia e o Mercosul", disse António Braga, para quem a aproximação luso-brasileira tem "um futuro cada vez mais solidário".

O secretário de Estado das Comunidades afirmou igualmente que a sua presença na sessão solene do Arouca Clube foi "uma homenagem a toda diáspora portuguesa" e também ao "pujante" movimento associativo português.

"Portugal dará um sinal de apoio especial a essas associações. Portugal dará uma nota a todo esse esforço", sublinhou.

António Braga defendeu a mobilização dos portugueses no estrangeiro no processo de recenseamento eleitoral, e considerou como uma "excelente notícia" os 32.500 portugueses recenseados em São Paulo.

"É uma demonstração de empenho, de participação cívica. A responsabilidade do Estado português é responder ao mesmo nível com a aproximação da administração portuguesa", disse.

Dos mais de cinco milhões de portugueses no estrangeiro, cerca de dois milhões estão aptos a votar, mas apenas 190.000 fizeram o recenseamento, 32.500 em São Paulo.

O secretário de Estado das Comunidades disse que a estrutura diplomática de Portugal possibilitará o voto presencial dos emigrantes nas eleições para o Parlamento Europeu, a 07 de Junho.

No segundo dia de visita a São Paulo, o secretário de Estado das Comunidades participou também numa reunião de trabalho com a direcção da Energias do Brasil, subsidiária da EDP.

Hoje, António Braga visitará o consulado honorário de Portugal em Santos, onde se reunirá com os conselheiros eleitos e participará num almoço com a comunidade portuguesa.

MAN/LUSA

Jornal de Notícias, aqui, acedido em 02 de Março de 2009

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios