FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa 2015
Candidata do BE defende que "país tem de mudar" para travar emigração
2015-11-04
A candidata presidencial apoiada pelo Bloco de Esquerda, Marisa Matias, defendeu hoje que "o país tem de mudar", criando condições para que "mais ninguém seja forçado a emigrar".

Falando no Luxemburgo, e depois de manifestar a esperança de que "a moção de rejeição passe e que o Governo (de Passos Coelho) caia", a eurodeputada disse que "as três condições básicas" do BE para apoiar um Governo de esquerda - que incluem "a proteção do trabalho, a defesa dos salários e a defesa das pensões" -, são necessárias "para que mais ninguém tenha de emigrar".

"Se continuarmos neste caminho, não mudamos as condições reais do país, e portanto as pessoas vão continuar a ter que sair, não por que queiram, mas porque são obrigadas", sustentou.

A eurodeputada falava na primeira sessão pública após o anúncio da candidatura às presidenciais, um encontro com emigrantes portugueses no Luxemburgo organizado a convite do partido luxemburguês "Déi Lénk" ("A Esquerda"), com quem o BE tem acordos.

 

Ler artigo completo no Jornal de Notícias, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 322

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte-iul.pt

Parceiros Apoios
ceg Logo IS logo_SOCIUS Logo_MNE Logo_Comunidades