FR

Link para inquéritoO regresso como emigração: o caso dos jovens adultos portugueses

Início / Recursos / Recortes de imprensa 2015
Portugal é o país da UE com a taxa mais elevada de emigração
2015-11-03
Um relatório publicado pelo Observatório da Emigração Portuguesa revela que Portugal é o país com o maior número de emigrante em relação à população residente. Anualmente saem do país cerca de 110 mil pessoas em direção a outros países europeus, nomeadamente para o Reino Unido, França e Suíça.

Mais de dois milhões de pessoas portuguesas vivem fora de Portugal

Este estudo estatístico apresenta pela primeira vez uma exploração dos dados dos censos sobre a emigração portuguesa nos países da OCDE realizados em 2001 e 2011 revela que há mais de dois milhões de pessoas portuguesas que vivem fora de Portugal, o que significa que 20% da população reside fora do país. Só entre 2012 e 2013, o número de saídas cresceu mais de 50%., sendo necessário recuar até 1973 para encontrar um fluxo migratório desta dimensão.

Paralelamente, a imigração diminuiu, sendo hoje mais os estrangeiros a viver em Portugal que regressam aos seus países de origem do que aqueles que se fixam de novo no país. Ou seja, no plano demográfico a dinâmica migratória é claramente recessiva.

Mais envelhecido do que nos anos 60 do século passado, Portugal é por isso mais vulnerável aos efeitos da atual grande vaga de emigração, até porque não se vislumbra no horizonte qualquer movimento de regresso de grande escala equivalente ao repatriamento de África que, na segunda metade dos anos 70, ajudou a compensar, parcial e transitoriamente, os efeitos recessivos da outra grande vaga de emigração do passado recente, a emigração dos anos 60 e princípio da década de 1970.

 

Ler artigo completo no Esquerda.net, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 322

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte-iul.pt

Parceiros Apoios