FR

Link para inquéritoO regresso como emigração: o caso dos jovens adultos portugueses

Início / Recursos / Recortes de imprensa 2015
Só 28 mil emigrantes votaram nas legislativas: 88,5% de abstenção
2015-10-14
Contagem dos votos dos círculos da emigração está a ser feita esta quarta-feira em Lisboa.

Não foi só no território nacional que a abstenção subiu nestas eleições legislativas. Também nos círculos da emigração houve menos portugueses a votar. Dos 242.852 eleitores inscritos no recenseamento eleitoral na Europa e fora da Europa apenas chegaram a Lisboa pouco mais de 27.600 votos. O que significa uma abstenção de 88,5%, a mais alta de sempre.

A Administração Eleitoral (AE) recebeu também 41 mil boletins de voto que vieram devolvidos porque os respectivos eleitores mudaram de residência, disse ao PÚBLICO o seu secretário-geral adjunto, Jorge Miguéis. A redução da participação eleitoral dos emigrantes é uma tendência vincada desde meados dos anos 1980, afirma o responsável da AE, que acompanhou todas as eleições e referendos desde 1975. Há quatro anos a abstenção foi de 82,9% na emigração.

A contagem dos votos dos emigrantes está a ser feita esta quarta-feira no pavilhão municipal do Casal Vistoso, no Areeiro, em Lisboa. Ali foram montadas 32 mesas de votos - 15 para o círculo da Europa, 17 para Fora da Europa -, onde são abertos os envelopes e colocados os votos em urnas pretas. Depois, a urna é aberta e são contados os votos.

 

Ler artigo completo no Público, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 322

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte-iul.pt

Parceiros Apoios