FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa 2015
Maioria dos emigrantes disse “sim” à proposta do Novo Banco
2015-10-02
Os clientes que não assinaram garantem que processos já estão a dar entrada nos tribunais portugueses.

A solução proposta pelo Novo Banco aos clientes não residentes que investiram em acções preferenciais dos veículos Poupança Plus, Top Renda e Euro Aforro 8 foi aceite pela larga maioria. Segundo comunicado do Novo Banco, aderiram a esta proposta 80% dos clientes, os quais representam 77% das acções preferenciais emitidas por estes veículos. Recorde-se que o sucesso da proposta estava dependente da adesão de mais de metade do capital e acontece mesmo depois da CMVM ter exigido a entrega de mais informação aos clientes, além de um prazo adicional para a assinatura ou desistência das propostas.

Estes clientes irão agora receber as obrigações do Novo Banco que compõem o activo destes veículos, na proporção das acções detidas. Caso o valor a transferir, calculado a preços de mercado, não seja suficiente para perfazer 60% do valor inicialmente investido, o Novo Banco compromete-se então a fazer um depósito a prazo com o diferencial. Este depósito paga juros de 1,5% brutos, terá uma maturidade a dois anos e não pode ser mobilizado antecipadamente. Nos seis anos seguintes, o Novo Banco fará ainda um segundo depósito a favor destes clientes, no montante anual de 5%do capital inicial investido, até ao limite de 90% do valor do investimento inicial. Este depósito terá uma taxa anual bruta de 0,4% e cada reforço anual não poderá ser mobilizado pelo prazo de um ano após a data da respectiva entrega. No entanto, este depósito ficará disponível apenas para os clientes que mantenham as obrigações em carteira. A partir de momento em que o cliente venda parte das obrigações perderá o direito ao próximo reforço.     

 

Ler artigo completo no Económico, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte-iul.pt

Parceiros Apoios