FR

Link para inquéritoO regresso como emigração: o caso dos jovens adultos portugueses

Início / Recursos / Recortes de imprensa 2015
Governo quis guardar números de emigrantes para o pós-eleições
2015-10-01
110 mil deixaram o país em 2014, tantos como em 2013. Governo diz que não divulga relatório, entregue em julho, porque faltam dados. Observatório da Emigração nega pedido

Os portugueses continuam a deixar o país e em grande número, 110 mil em 2014, tantos como em 2013. Dados do Observatório da Emigração (OE) e que foram entregues à secretaria de Estado das Comunidades em julho, já que, habitualmente, o relatório é apresentado na Assembleia da República antes das férias. O governo justifica o atraso com a falta de informação, nomeadamente do Observatório, ao qual pediram um quadro da evolução da emigração portuguesa comparada com outros países. Mas o coordenador nega o pedido de elementos adicionais.

"Ainda estamos à espera de dados, nomeadamente um quadro comparativo da emigração dos portugueses e dos restantes europeus. E há outros dados que falta reunir, também da Direção-Geral dos Assuntos Consulares. O Relatório da Emigração é muito vasto e não o podemos divulgar só com um quatro ou dois", justifica o secretário de Estado das Comunidades, José Cesário, para não ter publicado o relatório em julho, como aconteceu o ano passado. Em viagem pelo Canadá, acrescenta que o documento será apresentado quando regressar a Portugal, depois das eleições legislativas.

O argumento surpreende Rui Pena Pires, coordenador do Observatório, que nega o pedido de novos quadros. "O relatório foi entregue em julho e, até agora, não foram pedidos elementos adicionais. Aliás, este ano até alargámos o número de países com informação mais desenvolvida sobre o destino dos portugueses." E que, quando o entregaram, foi na presunção que fosse apresentado antes das férias parlamentares.

 

Ler artigo completo no Diário de Notícias, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 322

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte-iul.pt

Parceiros Apoios