FR

Link para inquéritoO regresso como emigração: o caso dos jovens adultos portugueses

Início / Recursos / Recortes de imprensa 2015
Como foi feito o estudo que calcula o impacto da fuga de cérebros do país
2015-09-16
As conclusões do estudo "Brain Drain and Academic Mobility from Portugal to Europe (BRADRAMO) resultam da análise das respostas de 1.011 emigrantes qualificados.

Como foi feito o estudo?

As conclusões do estudo "Brain Drain and Academic Mobility from Portugal to Europe (BRADRAMO) resultam da análise das respostas de 1.011 emigrantes qualificados. a trabalhar em 27 países europeus a um questionário aplicado a uma amostra intencional não aleatória de emigrantes qualificados na Europa. O estudo foi coordenado por Rui Machado Gomes, envolveu centros de investigação das universidades de Coimbra, Lisboa e Porto e foi financiada pelo Fundos Feder/Compete e por fundos nacionais da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT).

Ler artigo completo no Diário Económico, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 322

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte-iul.pt

Parceiros Apoios