FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2015
Da “porteira” à “madame”. Os portugueses em França
2015-09-12
Autora Joana Carvalho Fernandes assina uma colecção de retratos da emigração portuguesa editada pela Fundação Francisco Manuel dos Santos. Há “Gaiola Dourada” e “malas de cartão”, mas também há deputados e empresários de topo.

O livro "A porteira, a madame e outras histórias de portugueses em França", com retratos de emigrantes em terras francesas desde a I Guerra Mundial até hoje, vai ser lançado a 13 de Outubro na Gare de Santa Apolónia, em Lisboa.

A publicação é da autoria da jornalista Joana Carvalho Fernandes e conta as histórias, por exemplo, do milionário que comprou a PT Portugal, da mãe do realizador de "A Gaiola Dourada", do proprietário do restaurante preferido da família Le Pen ou do deputado que é um dos principais conselheiros do primeiro-ministro francês.

A obra nasceu da vontade da repórter de "matar saudades, voltar a falar com algumas pessoas e conhecer outras que não tinha tido oportunidade de conhecer" durante o período em que trabalhou em Paris como correspondente da Renascença e da agência Lusa, entre finais de 2011 e 2013.

"Quando se trabalha numa agência de notícias, nunca se aprofunda tanto as histórias como se gostaria. O espaço é pouco, trabalha-se a uma velocidade muito acelerada e eu senti saudades de Paris um ano depois de voltar a Portugal", contou a jornalista.    

 

Ler artigo completo na Rádio Renascença, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios