FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2015
CMVM alerta para o regresso significativo de emigrantes de Angola e do Brasil
2015-07-31
Regressos podem criar uma pressão adicional "no sistema social e afetar a recuperação de uma já frágil economia".

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) alerta que o possível regresso a Portugal de um número significativo de emigrantes pode criar uma pressão adicional "no sistema social e afetar a recuperação de uma já frágil economia".

Num relatório sobre os desafios que o país enfrenta, intitulado Risk Outlook, a CMVM alerta para os riscos do retorno de portugueses que estão destacados pelas empresas ou emigraram para países como Angola ou Brasil, que enfrentam uma crise.

O relatório nota que o impacto da crise em Angola e no Brasil na economia portuguesa - os dois países são respetivamente o quarto e décimo primeiro destino das exportações nacionais - vai além da quebra na procura e do efeito que isso pode ter nas pequenas e médias empresas.

A CMVM aponta que foram muitos os que foram destacados ou procuraram emprego nestes países para fugir à crise em Portugal e que agora podem ser empurrados de volta. Segundo dados do Observatório da Emigração, o número de portugueses registados em Angola passou de 72 mil em 2008 para 126 mil no ano passado.

 

Ler artigo completo no Diário de Notícias, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios