FR

Link para inquéritoO regresso como emigração: o caso dos jovens adultos portugueses

Início / Recursos / Recortes de imprensa 2015
Poiares Maduro acusa António Costa de "falta de honestidade" sobre números da emigração
2015-06-22
O ministro adjunto e do Desenvolvimento Regional, Miguel Poiares Maduro, acusou hoje o secretário-geral do PS, António Costa, de "falta de honestidade intelectual e política" ao afirmar que a emigração em Portugal aumentou 126%, entre 2010 e 2013.

Poiares Maduro reagia assim às declarações do líder socialista na sexta-feira à noite sobre a emigração em Portugal, que disse ter aumentado 126% entre 2010 e 2013, e por ter acusado o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, de ter faltado à verdade.

"O doutor António Costa tem razão num ponto: a questão é fundamentalmente de caráter e de honestidade intelectual e política. O doutor António Costa veio dizer que o primeiro-ministro tinha faltado à verdade sobre os números da emigração, mas para o fazer usou números da emigração permanente do INE de 2010 para 2014, dizendo que, durante esse período, tinha aumentado 125%. Esqueceu-se foi de dizer que desses 125%, praticamente 100% foram de 2010 para 2011, ou seja, ainda durante o governo socialista", afirmou à agência Lusa.

 

Ver Destak, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 322

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte-iul.pt

Parceiros Apoios