FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2015
90 mil emigrantes no Luxemburgo
2015-06-01
Remessas atingiram valor máximo com 86,9 milhões de euros.

O Luxemburgo é um dos principais destinos da emigração. No último ano, a comunidade portuguesa cresceu em 2600 efetivos passando de 88 200 para 90 800. Este crescimento traduz que os portugueses representam 17% da população do país com o nível de vida mais elevado da União Europeia. O ano passado, porém, demonstrou uma redução no número de entradas de portugueses, revela o organismo de estatística do Luxemburgo. Foram 3832 que entraram no Grão-Ducado, enquanto que em 2013 procuraram melhores condições neste país 4590 portugueses. A comunidade portuguesa no Luxemburgo é uma das que mais enviam dinheiro para Portugal. Em 2013 foram contabilizadas remessas de 86,9 milhões de euros. Ou seja, cada português enviou para o nosso país 985 euros. Para as milhares de pessoas que procuram soluções para escapar à crise económica que atinge Portugal desde 2009, uma outra alternativa foi emigrar para os países nórdicos. Na Noruega, Dinamarca e Suécia viviam no último ano 9131 portugueses. Quando em 2013 existiam 7194. Uma variação na ordem dos dois mil portugueses. A Noruega é agora o principal destino entre os três países. Uma posição habitualmente ocupada pela Suécia. Em 2013 chegaram à Noruega mais 815 portugueses. Também o crescimento económico registado no México levou a um reforço da emigração de Portugal. Segundo o Observatório da Emigração, com base nos registos consulares, entre 2009 e 2014, a população portuguesa triplicou. Passou de 483 inscritos para 1433.

Ver Correio da manhã, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios