FR

Link para inquéritoO regresso como emigração: o caso dos jovens adultos portugueses

Início / Recursos / Recortes de imprensa 2015
Remessas dos emigrantes sobem 11,6%
2015-05-21
Subida para 786,5 milhões no primeiro trimestre.

As remessas dos portugueses no estrangeiro subiram 11,6 por cento, para 786,5 milhões de euros, no primeiro trimestre face aos três primeiros meses de 2014, enquanto as saídas de divisas aumentaram 1,44%, para 122,5 milhões. De acordo com os dados divulgados esta quinta-feira pelo Banco de Portugal no boletim estatístico, os trabalhadores portugueses no estrangeiro enviaram em março 263,2 milhões de euros, o que perfaz um total de 786,5 milhões de euros, o que compara com os 704,2 milhões enviados nos primeiros três meses do ano passado. Em sentido inverso, ou seja, envio de remessas dos estrangeiros a trabalhar em Portugal para o seu país de origem, também houve um aumento, mas bastante mais ligeiro: de janeiro a março, os imigrantes enviaram 122,5 milhões de euros, o que revela uma subida de 1,4% face aos 120,7 milhões que tinham enviado no primeiro trimestre do ano passado.

Ver Correio da Manhã, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 322

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte-iul.pt

Parceiros Apoios