FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2015
“Portugueses estão bem integrados na sociedade francesa”
2015-04-11
No âmbito da visita do primeiro-ministro francês a Portugal, Manuel Valls, o deputado lusodescendente Carlos da Silva afirmou que “os imigrantes portugueses têm uma boa imagem em França e os que chegam também mantêm esta imagem de gente trabalhadora, séria, que quer ajudar a construir a França”.

Segundo o deputado, em Portugal a crise foi mais profunda do que em França e por isso "os jovens tiveram de sair do país para a França, a Alemanha, o Luxemburgo e a Suíça, mas estes novos emigrantes têm mais formação, diplomas e trabalham em outros setores", diferente dos emigrantes das décadas de 1960 e 1970.

Carlos da Silva sublinhou que também há uma emigração portuguesa que trabalha nas áreas mais tradicionais, como a construção civil, mais identificada com as primeiras ondas de emigrantes portugueses para França.

"Os números desta nova emigração de portugueses não eram vistos desde a década de 1960″, sublinhou Carlos da Silva, que tem as suas raízes em Rendufinho, no concelho de Póvoa de Lanhoso, e visita Portugal, a trabalho e em férias, três a quatro vezes por ano, mostrando muito orgulho nas suas raízes.

Sobre as relações económicas entre os dois países, motivo principal da deslocação de Manuel Valls a Portugal, Carlos da Silva referiu que "o investimento francês em Portugal está em segundo lugar, somente atrás do investimento espanhol, e pode-se desenvolver ainda mais".

 

Ver Port.com, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios