FR

Link para inquéritoO regresso como emigração: o caso dos jovens adultos portugueses

Início / Recursos / Recortes de imprensa 2015
Remessas de emigrantes sobem 14,6% em janeiro
2015-03-19
As remessas dos emigrantes subiram 14,6% para 261,8 milhões de euros em janeiro, ao passo que as verbas enviadas pelos estrangeiros a trabalhar em Portugal desceram 10,8% para 44 milhões de euros, face ao mesmo mês do ano passado.

De acordo com os dados hoje divulgados pelo Banco de Portugal no Boletim Estatístico, os portugueses em França continuam a ser os maiores emissores de verbas para o território nacional, tendo aumentado os valores em 16,1%, que passaram de 68,6 milhões em janeiro do ano passado para 79,6 milhões de euros em janeiro deste ano.

Como de costume, os portugueses na Suíça ocupam o segundo lugar desta lista, tendo enviado 63,1 milhões de euros, o que, comparando com os 56,4 milhões enviados em janeiro do ano passado, mostra uma subida de 11,9%.

Em sentido inverso, ou seja, dos estrangeiros a trabalhar em Portugal, o destaque vai para a forte subida dos angolanos, que enviaram 2,3 milhões de euros, o que representa uma subida de quase 150% face aos 930 mil euros que tinham enviado em janeiro do ano passado.

Os brasileiros, por seu turno, enviaram 20,2 milhões de euros, o que revela uma descida de quase 28% comparativamente 28,1 milhões que tinham remetido para o seu país no primeiro mês do ano passado.

 

Ver RTP, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 322

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte-iul.pt

Parceiros Apoios