FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2015
Cavaco usa deixa de Passos para tranquilizar emigrantes
2015-03-16
Num discurso para a comunidade portuguesa em França, Cavaco Silva recordou que 2014 foi um ano de viragem e que Portugal está entre os 30 países mais prósperos do mundo.

Cavaco Silva voltou, pela segunda vez esta segunda-feira, a repetir termos usados no discurso do Governo. 

Depois de Pedro Passos Coelho ter falado num "tempo de viragem", o presidente da República aproveitou a deixa, durante um discurso para a comunidade portuguesa a residir em França. 

"O ano de 2014 foi de viragem. Portugal cumpriu todos os seus compromissos para com as entidades internacionais, na sequência do empréstimo que lhe foi feito, não necessitou de um segundo resgate, conquistou a credibilidade dos mercados, consegue financiar-se de forma relativamente fácil, a taxas de juro baixas, para satisfazer as suas necessidades e foi o ano em que a economia começou a crescer e começámos a criar emprego", disse. 

De visita de Estado a França, Cavaco Silva retomou a ideia de que a emigração não é uma perda irreparável para Portugal e que todos contam para o sucesso do país de onde saíram: "Contamos com as comunidades portuguesas no estrangeiro em geral, para nos ajudarem nesta nova fase de consolidação de uma trajectória de aproximação aos níveis de desenvolvimento da União Europeia." 

"Portugal faz parte dos trinta países mais prósperos do mundo, que tem mais de 190 países. Mas devemos ser mais ambiciosos. Queremos fazer mais e podemos fazer mais. Por isso tenho apelado ao apoio das comunidades portuguesas espalhadas pelo mundo." 

O presidente da República aproveitou ainda a oportunidade para elogiar a comunidade portuguesa a residir em França, que descreveu como gente séria, honrada e que não cria problemas.    

 

Ver Renascênça, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios