FR

Link para inquéritoO regresso como emigração: o caso dos jovens adultos portugueses

Início / Recursos / Recortes de imprensa 2015
Divulgação de questionário
2015-02-02
Influência da Emigração na atividade física e nos comportamentos sedentários

O presente questionário faz parte de um estudo de investigação que está a ser realizado no âmbito do Doutoramento em Educação Física e Desporto da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias e em parceria com o Centro de Investigação em Desporto e Educação Física do Instituto Superior Manuel Teixeira Gomes. Para além disso, este projeto é financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, através da atribuição de Bolsa Individual de Doutoramento com a referência SFRH/BD/90236/2012.

Este estudo tem como objetivo conhecer os níveis de atividade física e dos comportamentos sedentários dos emigrantes portugueses, bem como a sua motivação para a prática, e verificar se o contágio social promoveu alterações a esse nível. Neste sentido, todas as questões aqui colocadas têm em conta a sua situação atual no seu país de acolhimento e têm em conta a sua situação quando se encontrava em Portugal.
Os dados pessoais solicitados têm fins puramente estatísticos, não havendo qualquer possibilidade de quebra da confidencialidade. Os resultados da investigação dependem diretamente do rigor da sua resposta e da sinceridade com que responde. Todas as respostas são admissíveis, não havendo respostas certas ou erradas. Estima-se que o questionário demore cerca de 20 minutos a ser respondido.
Se tiver alguma dúvida, por favor, contate o investigador telefonicamente ou via e-mail.

Muito obrigado pela sua colaboração!

O investigador
Ricardo Filipe do Carmo Santos Gonçalves    

 

Aceder ao questionário aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 322

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte-iul.pt

Parceiros Apoios