FR

Link para inquéritoO regresso como emigração: o caso dos jovens adultos portugueses

Início / Recursos / Recortes de imprensa 2014
Há cada vez mais emigrantes portugueses e cada vez menos estrangeiros em Portugal
2014-12-19
Desde 2011 que o número de saídas do país ultrapassa o número de entradas, o que já não acontecia desde 1993.

A dinâmica da população portuguesa é cada vez mais influenciada pela componente migratória. Desde 2011, que o número de saídas do paísultrapassa o número de entradas, o que já não acontecia desde 1993. De acordo com a base de dados da Pordata, esse aumento foi um dos grandes responsáveis pela diminuição da população portuguesa nos últimos três anos. Em 2013, mais de 128 mil portugueses emigraram, mais do dobro que em 2003. Os países de destino são sobretudo a França e a Suíça.

A diminuição da população portuguesa tem sido acompanhada por umdecréscimo na percentagem de imigrantes a viver no país. O número tem vindo a cair desde 2009, numa média de 3% ao ano. Um em cada quatro imigrantes são originários de um país de língua oficial portuguesa, sendo que a comunidade brasileira é a mais representativa (23%). A população que mais cresceu nos últimos anos foi a chinesa, que é atualmente quatro vezes mais numerosa do que era há dez anos. Em 2003, era composta por cerca de 5 mil pessoas e hoje em dia ultrapassa os 18 mil.

 

Ver Observador, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 322

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte-iul.pt

Parceiros Apoios