FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa 2014
Portugueses representam um terço dos desempregados no Luxemburgo
2014-10-22
No dia da visita oficial de Pedro Passos Coelho ao Luxemburgo, em vésperas de um conselho europeu em Bruxelas, a TSF entrevistou Nicolas Schmit, o ministro do Trabalho luxemburguês.

Atualmente residem no Luxemburgo cerca de 110 mil portugueses, que representam um quinto da população do país.

No entanto, em entrevista à TSF, o ministro do Trabalho do Luxemburgo diz que os portugueses já constituem um terço dos desempregados no país (33%) e reconhece que há emigrantes com graves problemas sociais.

Nicolas Schmit afirma que todos os desempregados o preocupam, mas admite que a taxa entre os portugueses é demasiado alta e atribui isso à falta de qualificações. A maioria trabalha no setor da construção civil, que abrandou no Luxemburgo, e muitos estão a passar dificuldades.

O ministro do Trabalho do Luxemburgo sublinha que não convidaram ninguém sem trabalho a abandonar o país, mas é a comunidade portuguesa quem defende que para alguns o melhor seria regressar a Portugal onde podem contar com o apoio familiar.

Ouvido pela TSF, o conselheiro eleito no Luxemburgo para o Conselho das Comunidades Portuguesas confessa que está desapontado com o Governo português.

Eduardo Dias diz que os portugueses têm sido esquecidos pelos sucessivos governos e que mesmo esta visita de Pedro Passos Coelho é de passagem e na véspera de um conselho europeu em Bruxelas.    

 

Ver TSF, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 322

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte-iul.pt

Parceiros Apoios
ceg Logo IS logo_SOCIUS Logo_MNE Logo_Comunidades