FR
INQUÉRITO

Expectativas

de regresso de portugueses no estrangeiro
Início / Recursos / Recortes de imprensa / Antes de 2009
Observatório da Emigração só em 2009
2008-11-24

Apesar de já ter sido criado há cerca de seis meses, o Observatório da Emigração só deverá estar em condições para começar a trabalhar no início do próximo ano. A primeira missão será elaborar o primeiro estudo oficial sobre a emigração portuguesa.

Segundo a TSF, embora o protocolo tenha sido assinado no início de Maio, só agora a Secretaria de Estado das Comunidades deu luz verde para a instalação do Observatório.

Com início de actividade previsto para Dezembro, o organismo vai contar, à partida, com uma equipa de quatro pessoas, bolseiros de história e sociologia, e com uma Comissão Científica, ligada ao Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa.

Membro da Comissão Científica, Fernando Luís Machado admitiu, em declarações à TSF, a demora em todo o processo, explicado, em parte, com «algum atraso da parte da Secretaria de Estado das Comunidades».

Recorde-se que o Observatório da Emigração vai estudar a saída dos portugueses do País, para se fixarem no estrangeiro, com os responsáveis a apontarem para o final de 2009 a conclusão de um relatório detalhado.

Diário Digital, aqui, acedido em 31 de Março de 2009.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios